Eventos Realizados

Eventos Realizados

Aqui apresentamos um histórico dos principais eventos realizados pelo Grupo, com foco na Teoria Semiolinguística.
Para saber sobre chamadas para eventos novos, acesse o Mural de Notícias.

Minicursos com o Professor Patrick  Charaudeau

O professor Patrick Charaudeau esteve no Instituto de Letras da UFF em dois momentos, para ministrar minicursos: em de junho de 2015 e em março de 2017, estreitando os laços entre a nossa universidade e o fundador da teoria.

Minicursos com o Professor Patrick  Charaudeau

O professor Patrick Charaudeau esteve no Instituto de Letras da UFF em dois momentos, para ministrar minicursos: em de junho de 2015 e em março de 2017, estreitando os laços entre a nossa universidade e o fundador da teoria.

“Da competência linguageira ao discurso de persuasão”

Dias 8 e 9 de junho de 2015 – Instituto de Letras da UFF

“Da competência linguageira ao discurso de persuasão”

Dias 8 e 9 de junho de 2015 – Instituto de Letras da UFF

“A verdade da imagem: visível, não visível e invisível”

Dias 18 e 19 de outubro de 2018 –
Instituto de Letras da UFF

“A verdade da imagem: visível, não visível e invisível”

Dias 18 e 19 de outubro de 2018 – Instituto de Letras da UFF

X Congresso Internacional da Abralin

O professor Patrick Charaudeau também esteve presente no X Congresso Internacional da Abralin, em março de 2017.
Ele participou da mesa “Semiolinguística: da França ao Brasil”, juntamente com as professoras Rosane Monnerat (UFF) e Maria Aparecida Pauliukonis (UFRJ).

X Congresso Internacional da Abralin

O professor Patrick Charaudeau também esteve presente no X Congresso Internacional da Abralin, em março de 2017.
Ele participou da mesa “Semiolinguística: da França ao Brasil”, juntamente com as professoras Rosane Monnerat (UFF) e Maria Aparecida Pauliukonis (UFRJ).

Fóruns  do Grupo de Pesquisa LeiFEn

(Leitura, Fruição e Ensino)

Sob a coordenação das professoras Beatriz Feres e Patrícia Ribeiro, o Grupo LeiFEn tem por objetivo central investigar o processamento da leitura com vistas ao desenvolvimento de metodologias de letramento e de leiturização no âmbito do ensino. Além da pesquisa acadêmica, o Grupo realiza anualmente o Fórum do LeiFEn, com o intuito de promover debates públicos acerca dos temas de interesse e palestras relacionadas à formação docente continuada.

Fóruns  do Grupo de Pesquisa LeiFEn

(Leitura, Fruição e Ensino)

Sob a coordenação das professoras Beatriz Feres e Patrícia Ribeiro, o Grupo LeiFEn tem por objetivo central investigar o processamento da leitura com vistas ao desenvolvimento de metodologias de letramento e de leiturização no âmbito do ensino. Além da pesquisa acadêmica, o Grupo realiza anualmente o Fórum do LeiFEn, com o intuito de promover debates públicos acerca dos temas de interesse e palestras relacionadas à formação docente continuada.

Edições
Clique em no símbolo + para saber mais sobre cada edição.

I Fórum: 18 de julho de 2013

“Leitura em tempos de mídias digitais”

Em sua primeira versão, em 18 de julho 2013, o I Fórum do GP Leitura, Fruição e Ensino discutiu a “Leitura em tempos de mídias digitais” e contou com mesas formadas por membros do GP das áreas de Língua, Literatura e Ensino.

Num primeiro momento, ocorreu um debate, intitulado “Leituras & leituras”, mediado pelas professoras Beatriz Feres e Muna Omran.Em sua primeira versão, em 18 de julho 2013, o I Fórum do GP Leitura, Fruição e Ensino discutiu a “Leitura em tempos de mídias digitais” e contou com mesas formadas por membros do GP das áreas de Língua, Literatura e Ensino.

Ainda na parte da manhã, as pessoas puderam participar da oficina “‘A maior flor do mundo’ de José Saramago, entre o livro e a animação”, ministrada pelas professora Margareth Mattos e Sabrina Vianna.

No início da tarde, ocorreu um segundo debate, intitulado “Literatura e mídia”, mediado pelos professores Maria Isaura Rodrigues e Iran Pitthan.

Para finalizar, houve um momento “sem censura”: “Ler para a escola ou ler na escola?”, com as professoras Patrícia Ribeiro, Aldaléa Figueiredo e Margareth Mattos.

II Fórum: 24 a 26 de setembro de 2014

“Leitura e escola”

Com o objetivo de fomentar um debate ainda mais dinâmico, o II Fórum contou com convidados de excelência para discutir com o grupo e com a comunidade acadêmica o tema “Leitura e escola”, num encontro que inclui entrevista, troca de questões entre os debatedores e provocações do público ouvinte.

 O evento ocorreu nos dias 24, 25 e 26 de setembro de 2014, com mesas-redondas e debates das 14h às 16h.

 O primeiro dia, sob a temática “O exercício de interpretação de textos no livro didático“, contou com a presença das professoras Lúcia Teixeira (UFF), Ana Paula Jorge (CPII) e Ângela Cristina Castro (CMRJ).

 O segundo dia, sob a temática “Leitura na escola: experiência ou estudo?”, contou com a presença das professoras Sônia Monnerat (UFF), Claudete Daflon (UFF) e Regina Gomes (UFRJ).

 O último dia, sob a temática “A elaboração de atividades de leitura para a sala de aula“, contou com a presença das professoras Cecília Goulart (UFF), Vânia Dutra (COLUNI-UFF e UERJ) e Andréa Rodrigues (FFP/UERJ).

III Fórum: 10 de junho de 2015

Texto-imagem: Semiolinguística e Leitura

A terceira edição do Fórum ocorreu no dia 10 de junho de 2015, logo após minicurso ministrado pelo Prof. Dr. Patrick Charaudeau, autor da Teoria Semiolinguística. O minicurso intitulado “Da competência linguageira ao discurso de persuasão”, foi ministrado nos dias 8 e 9 de junho, na Universidade Federal Fluminense, e este foi um momento muito especial para o Grupo.

Na parte da manhã, o III Fórum contou com uma mesa-redonda versando sobre o temática principal da edição e teve como convidadas as professoras Rosane Monnerat (UFF), que abordou o subtema “Para além da leitura do texto, a leitura de mundo”; Ilana Rebello (UFF), que falou sobre “‘Fazer saber’ e/ou ‘fazer sentir’? A relação texto-imagem na capa da Veja”; e Nadja Patresi (UFF) apresentou a discussão “‘A pátria em chuteiras’: informação e captação no fotojornalismo impresso”.

À tarde os participantes puderam escolher entre três Grupos Temáticos, que focalizavam a relação texto (verbal) – imagem em diferentes aspectos:

  • Leitura de Quadrinhos, com GT intitulado “A relação texto-imagem nos quadrinhos”, mediado pelas professoras Anabel Azeredo (UFF) e Glayci Xavier (UFF/CPII).

  • Literatura Infantil, com GT intitulado “Os gêneros e as visadas discursivas em capas e contracapas de livros para crianças”, mediado pelas professoras Margareth Mattos (UFF), Patrícia Neves(UFF)  e Sabrina Vianna (UFF).

  • Foto/legenda e Charge, com GT intitulado “O verbal e o visual em capas de jornal: o fotojornalismo e a charge”, mediado pelas professoras Nadja Patresi (UFF) e Eveline Cardoso (UFF).

IV Fórum: 6 de outubro de 2016

Exercícios de leitura: da teoria à prática

A quarta edição do Fórum ocorreu no dia 6 de outubro de 2016, sob o tema “Exercícios de leitura: da teoria à prática”.

De manhã, ocorreu um agradável debate que teve como convidada a professora Leonor Werneck dos Santos (UFRJ).

 À tarde os participantes puderam escolher entre três Laboratórios de Atividades, que tinham como subtemas:

  • Lab 1 – Desculpe o transtorno, preciso falar da Rita: uma leitura dos implícitos em textos com temática política, mediado pelos professores Carol Monteiro e Graziela Borguignon.

  • Lab 2 – Leitura de mundo e experimentos de sentido: práticas pedagógicas com charges, mediado pelos professores Eveline Cardoso e Thatiana Muylaert.

  • Lab 3 – Representações da mulher nas capas do Meia Hora: cognição, discurso e ideologia, mediado pelos professores Flávia Santoro e Rafael Guimarães.

V Fórum: 27 de setembro de 2017

“Leitura e sociedade”

A quinta edição do Fórum ocorreu no dia 27 de setembro de 2017, sob o tema “Leitura e sociedade”.

De manhã, houve um debate intitulado “Leitura e sociedade: o que se lê? Como se lê”, fomentado pela apresentação do professor André Valente (UERJ).

 À tarde os participantes puderam escolher entre três minicursos, que tinham como subtemas:

  • M1 – Midiologia: implicações ideológicas da adjetivação no processo de construção do ethos midiático (Profª Drª Gisella Meneguelli)
  • M2 – Em tempos de crise, a censura volta à escola (Profª Drª Margareth Mattos)
  • M3 – O corpo da voz e as intenções na mediação de leitura (Prof. Dr. Iran Pitthan)

Para finalizar o dia, houve uma bela homenagem à querida Professora Drª Lygia Trouche, pela sua aposentadoria no Curso de Letras e o lançamento do livro “Leitura, fruição e ensino: a formação do leitor em debate”, organizados pelas professoras Rosane Monnerat, Beatriz Feres e Patricia Neves Ribeiro.

Site do evento: https://vforumleifen.wixsite.com/2017 

VI Fórum: 13 novembro 2019

“Mulher, resistência, resiliência”

A sexta edição do Fórum ocorreu no dia 13 de novembro de 2019, sob o tema “Mulher, resistência, resiliência”.

Na parte da manhã, após a abertura feita pela professora Beatriz Feres, houve dois momentos.

Primeiramente, falando sobre o tema “Mulheres em diversidade: os direitos no contexto de violência” tivemos a presença de Mariana Correia Rodrigues, Presidenta da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da 16° Subseção da OAB/RJ, Membra da Comissão de Direitos Humanos e Assistência Judiciária da OAB/RJ e Conselheira Suplente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do RJ.

Em seguida, mediada pela professora Patricia Neves Ribeiro, ocorreu a mesa-redonda intitulada “A ‘inconsequente’ representação da mulher: reflexão para a resistência”. A mesa contou com a participação das seguintes professoras, com suas respectivas falas:

  • Profª Rosane Monnerat (UFF) – A sensibilidade feminina: de rainha a leoa – construção de ideologias da mulher por efeitos patêmicos
  • Profª Patricia Corado (IFF) Representações de gênero na propaganda contemporânea
  • Profª Luciana Vilhena (UNIRIO) Fabulações do feminino: da violência à reinvenção em letramentos de resistência

Finalizando a programação da manhã, houve uma bela homenagem à querida Professora Rosane Monnerat pela sua aposentadoria no Curso de Letras. A Profa. Rosane é integrante do grupo LeiFEn, foi a implantadora da Teoria Semiolinguística na UFF e é muito importante na trajetória acadêmica de todos os envolvidos. Ela continua atuando nos cursos de Extensão e Pós-Graduação da universidade.

No período da tarde, os participantes puderam escolher entre três mesas-redondas, promovendo debates sobre a temática do evento:

Mesa 1 –  Ser e parecer mulher na mídia     (Mediadora: Profa. Ilana Rebello)

  • Raquel Rezende (mestra UFF) O perfil de Claudia: moderna por fora e conservadora por dentro? – Uma análise semiolinguística do feminino
  • Gisele Reis (mestranda UFF) (Des)encapadas: o perfil de mulher veiculado em capas de revistas femininas e em capas “ressignificadas”
  • Janayna Rocha (mestra UFF) “Menina será princesa”, para além de imaginários: mulheres, a resistência na existência

Mesa 2 – Maneiras de dizer a violência contra a mulher  (Mediadora: Profa. Glayci Xavier)

  • Vanessa Antunes (mestra UFRJ) Referenciação e violência contra a mulher em relatos femininos
  • Mateus Brum (mestrando UFF)Feminicídio e suicídio: busca de perdão?  –  Uma análise  semiolinguística de notícias jornalísticas sobre casos de feminicídio
  • Elenita Arguelles (mestranda UFF) Relato tardio: a crítica social no Facebook à invisibilidade do feminicídio

Mesa 3 – Expressões do empoderamento feminino (Mediadora: Profa. Nadja Pattresi)  

  • Vívian Xavier (mestranda UFF) Decote não é convite: os imaginários acerca do corpo feminino
  • Roberta Viegas (doutoranda UFF) Cheias de graça: protagonismo feminino nos quadrinhos
  • Larissa Evelyn Mendes (mestranda UFF) O funk também é (re)existência: o ethos de mulher empoderada em construção

Site do evento: https://leifenuff.wixsite.com/2019

VII Fórum: 25 novembro 2020

“Sociedade em crise: o que se diz, o que se mostra”

O Fórum do Leifen teve sua sétima edição no dia 25 de novembro de 2020, sob o tema “Sociedade em crise: o que se diz, o que se mostra”, e ocorreu no formato virtual, devido à pandemia do coronavírus.

No período da manhã, tivemos a presença ilustre do Professor Patrick Charaudeau, que apresentou a conferência “Da crise ao medo, do medo à crise“. A mediadora foi a professora Rosane Monnerat.

Durante a tarde, a professora Patricia Neves Ribeiro fez uma emocionante fala sobre o evento e sobre o grupo de pesquisa.

Em seguida, teve início uma mesa-redonda intitulada “O discurso midiático em tempos de crise: o que se diz e o que se mostra“, mediada pela professora Beatriz Feres. A mesa, numa discussão harmoniosa e muito profícua, teve a brilhante participação dos seguintes professores, com suas respectivas falas:

  • João Benvindo de Moura (UFPI/NEPAD) O ethos dito e o ethos mostrado no discurso político do Brasil atual.
  • Maria Aparecida Lino Pauliukonis (UFRJ/CIAD) A manipulação no  discurso midiático:  o papel  da mídia impressa e digital na propagação de notícias falsas.
  • Maria Eduarda Giering (UNISINOS) – Letramento midiático e científico para uma sociedade democrática

Site do evento: http://semiolinguistica.uff.br/forum-2020/

Vídeos do evento: http://semiolinguistica.uff.br/videos/

 

Edições

Clique em no símbolo + para saber mais sobre cada edição.

I Fórum: 18 de julho de 2013

“Leitura em tempos de mídias digitais”

Em sua primeira versão, em 18 de julho 2013, o I Fórum do GP Leitura, Fruição e Ensino discutiu a “Leitura em tempos de mídias digitais” e contou com mesas formadas por membros do GP das áreas de Língua, Literatura e Ensino.

Num primeiro momento, ocorreu um debate, intitulado “Leituras & leituras”, mediado pelas professoras Beatriz Feres e Muna Omran.Em sua primeira versão, em 18 de julho 2013, o I Fórum do GP Leitura, Fruição e Ensino discutiu a “Leitura em tempos de mídias digitais” e contou com mesas formadas por membros do GP das áreas de Língua, Literatura e Ensino.

Ainda na parte da manhã, as pessoas puderam participar da oficina “‘A maior flor do mundo’ de José Saramago, entre o livro e a animação”, ministrada pelas professora Margareth Mattos e Sabrina Vianna.

No início da tarde, ocorreu um segundo debate, intitulado “Literatura e mídia”, mediado pelos professores Maria Isaura Rodrigues e Iran Pitthan.

Para finalizar, houve um momento “sem censura”: “Ler para a escola ou ler na escola?”, com as professoras Patrícia Ribeiro, Aldaléa Figueiredo e Margareth Mattos.

II Fórum: 24 a 26 de setembro de 2014

“Leitura e escola”

Com o objetivo de fomentar um debate ainda mais dinâmico, o II Fórum contou com convidados de excelência para discutir com o grupo e com a comunidade acadêmica o tema “Leitura e escola”, num encontro que inclui entrevista, troca de questões entre os debatedores e provocações do público ouvinte.

 O evento ocorreu nos dias 24, 25 e 26 de setembro de 2014, com mesas-redondas e debates das 14h às 16h.

 O primeiro dia, sob a temática “O exercício de interpretação de textos no livro didático“, contou com a presença das professoras Lúcia Teixeira (UFF), Ana Paula Jorge (CPII) e Ângela Cristina Castro (CMRJ).

 O segundo dia, sob a temática “Leitura na escola: experiência ou estudo?”, contou com a presença das professoras Sônia Monnerat (UFF), Claudete Daflon (UFF) e Regina Gomes (UFRJ).

 O último dia, sob a temática “A elaboração de atividades de leitura para a sala de aula“, contou com a presença das professoras Cecília Goulart (UFF), Vânia Dutra (COLUNI-UFF e UERJ) e Andréa Rodrigues (FFP/UERJ).

III Fórum: 10 de junho de 2015

Texto-imagem: Semiolinguística e Leitura

A terceira edição do Fórum ocorreu no dia 10 de junho de 2015, logo após minicurso ministrado pelo Prof. Dr. Patrick Charaudeau, autor da Teoria Semiolinguística. O minicurso intitulado “Da competência linguageira ao discurso de persuasão”, foi ministrado nos dias 8 e 9 de junho, na Universidade Federal Fluminense, e este foi um momento muito especial para o Grupo.

Na parte da manhã, o III Fórum contou com uma mesa-redonda versando sobre o temática principal da edição e teve como convidadas as professoras Rosane Monnerat (UFF), que abordou o subtema “Para além da leitura do texto, a leitura de mundo”; Ilana Rebello (UFF), que falou sobre “‘Fazer saber’ e/ou ‘fazer sentir’? A relação texto-imagem na capa da Veja”; e Nadja Patresi (UFF) apresentou a discussão “‘A pátria em chuteiras’: informação e captação no fotojornalismo impresso”.

À tarde os participantes puderam escolher entre três Grupos Temáticos, que focalizavam a relação texto (verbal) – imagem em diferentes aspectos:

  • Leitura de Quadrinhos, com GT intitulado “A relação texto-imagem nos quadrinhos”, mediado pelas professoras Anabel Azeredo (UFF) e Glayci Xavier (UFF/CPII).

  • Literatura Infantil, com GT intitulado “Os gêneros e as visadas discursivas em capas e contracapas de livros para crianças”, mediado pelas professoras Margareth Mattos (UFF), Patrícia Neves(UFF)  e Sabrina Vianna (UFF).

  • Foto/legenda e Charge, com GT intitulado “O verbal e o visual em capas de jornal: o fotojornalismo e a charge”, mediado pelas professoras Nadja Patresi (UFF) e Eveline Cardoso (UFF).

 

IV Fórum: 6 de outubro de 2016

Exercícios de leitura: da teoria à prática

A quarta edição do Fórum ocorreu no dia 6 de outubro de 2016, sob o tema “Exercícios de leitura: da teoria à prática”.

De manhã, ocorreu um agradável debate que teve como convidada a professora Leonor Werneck dos Santos (UFRJ).

 À tarde os participantes puderam escolher entre três Laboratórios de Atividades, que tinham como subtemas:

  • Lab 1 – Desculpe o transtorno, preciso falar da Rita: uma leitura dos implícitos em textos com temática política, mediado pelos professores Carol Monteiro e Graziela Borguignon.

  • Lab 2 – Leitura de mundo e experimentos de sentido: práticas pedagógicas com charges, mediado pelos professores Eveline Cardoso e Thatiana Muylaert.

  • Lab 3 – Representações da mulher nas capas do Meia Hora: cognição, discurso e ideologia, mediado pelos professores Flávia Santoro e Rafael Guimarães.

V Fórum: 27 de setembro de 2017

“Leitura e sociedade”

 

A quinta edição do Fórum ocorreu no dia 27 de setembro de 2017, sob o tema “Leitura e sociedade”.

 

De manhã, houve um debate intitulado “Leitura e sociedade: o que se lê? Como se lê”, fomentado pela apresentação do professor André Valente (UERJ).

 

 À tarde os participantes puderam escolher entre três minicursos, que tinham como subtemas:

 

  • M1 – Midiologia: implicações ideológicas da adjetivação no processo de construção do ethos midiático (Profª Drª Gisella Meneguelli)
  • M2 – Em tempos de crise, a censura volta à escola (Profª Drª Margareth Mattos)
  • M3 – O corpo da voz e as intenções na mediação de leitura (Prof. Dr. Iran Pitthan)

 

Para finalizar o dia, houve uma bela homenagem à querida Professora Drª Lygia Trouche, pela sua aposentadoria no Curso de Letras e o lançamento do livro “Leitura, fruição e ensino: a formação do leitor em debate”, organizados pelas professoras Rosane Monnerat, Beatriz Feres e Patricia Neves Ribeiro.

 

Site do evento: https://vforumleifen.wixsite.com/2017

 

VI Fórum: 13 novembro 2019

“Mulher, resistência, resiliência”

A sexta edição do Fórum ocorreu no dia 13 de novembro de 2019, sob o tema “Mulher, resistência, resiliência”.

Na parte da manhã, após a abertura feita pela professora Beatriz Feres, houve dois momentos.

Primeiramente, falando sobre o tema “Mulheres em diversidade: os direitos no contexto de violência” tivemos a presença de Mariana Correia Rodrigues, Presidenta da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da 16° Subseção da OAB/RJ, Membra da Comissão de Direitos Humanos e Assistência Judiciária da OAB/RJ e Conselheira Suplente do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos do RJ.

Em seguida, mediada pela professora Patricia Neves Ribeiro, ocorreu a mesa-redonda intitulada “A ‘inconsequente’ representação da mulher: reflexão para a resistência”. A mesa contou com a participação das seguintes professoras, com suas respectivas falas:

  • Profª Rosane Monnerat (UFF) – A sensibilidade feminina: de rainha a leoa – construção de ideologias da mulher por efeitos patêmicos
  • Profª Patricia Corado (IFF) Representações de gênero na propaganda contemporânea
  • Profª Luciana Vilhena (UNIRIO) Fabulações do feminino: da violência à reinvenção em letramentos de resistência

Finalizando a programação da manhã, houve uma bela homenagem à querida Professora Rosane Monnerat pela sua aposentadoria no Curso de Letras. A Profa. Rosane é integrante do grupo LeiFEn, foi a implantadora da Teoria Semiolinguística na UFF e é muito importante na trajetória acadêmica de todos os envolvidos. Ela continua atuando nos cursos de Extensão e Pós-Graduação da universidade.

No período da tarde, os participantes puderam escolher entre três mesas-redondas, promovendo debates sobre a temática do evento:

Mesa 1 –  Ser e parecer mulher na mídia     (Mediadora: Profa. Ilana Rebello)

  • Raquel Rezende (mestra UFF) O perfil de Claudia: moderna por fora e conservadora por dentro? – Uma análise semiolinguística do feminino
  • Gisele Reis (mestranda UFF) (Des)encapadas: o perfil de mulher veiculado em capas de revistas femininas e em capas “ressignificadas”
  • Janayna Rocha (mestra UFF) “Menina será princesa”, para além de imaginários: mulheres, a resistência na existência

Mesa 2 – Maneiras de dizer a violência contra a mulher  (Mediadora: Profa. Glayci Xavier)

  • Vanessa Antunes (mestra UFRJ) Referenciação e violência contra a mulher em relatos femininos
  • Mateus Brum (mestrando UFF)Feminicídio e suicídio: busca de perdão?  –  Uma análise  semiolinguística de notícias jornalísticas sobre casos de feminicídio
  • Elenita Arguelles (mestranda UFF) Relato tardio: a crítica social no Facebook à invisibilidade do feminicídio

Mesa 3 – Expressões do empoderamento feminino (Mediadora: Profa. Nadja Pattresi)  

  • Vívian Xavier (mestranda UFF) Decote não é convite: os imaginários acerca do corpo feminino
  • Roberta Viegas (doutoranda UFF) Cheias de graça: protagonismo feminino nos quadrinhos
  • Larissa Evelyn Mendes (mestranda UFF) O funk também é (re)existência: o ethos de mulher empoderada em construção

Site do evento: https://leifenuff.wixsite.com/2019

VII Fórum: 25 novembro 2020

“Sociedade em crise: o que se diz, o que se mostra”

O Fórum do Leifen teve sua sétima edição no dia 25 de novembro de 2020, sob o tema “Sociedade em crise: o que se diz, o que se mostra”, e ocorreu no formato virtual, devido à pandemia do coronavírus.

No período da manhã, tivemos a presença ilustre do Professor Patrick Charaudeau, que apresentou a conferência “Da crise ao medo, do medo à crise“. A mediadora foi a professora Rosane Monnerat.

Durante a tarde, a professora Patricia Neves Ribeiro fez uma emocionante fala sobre o evento e sobre o grupo de pesquisa.

Em seguida, teve início uma mesa-redonda intitulada “O discurso midiático em tempos de crise: o que se diz e o que se mostra“, mediada pela professora Beatriz Feres. A mesa, numa discussão harmoniosa e muito profícua, teve a brilhante participação dos seguintes professores, com suas respectivas falas:

  • João Benvindo de Moura (UFPI/NEPAD) O ethos dito e o ethos mostrado no discurso político do Brasil atual.
  • Maria Aparecida Lino Pauliukonis (UFRJ/CIAD) A manipulação no  discurso midiático:  o papel  da mídia impressa e digital na propagação de notícias falsas.
  • Maria Eduarda Giering (UNISINOS) – Letramento midiático e científico para uma sociedade democrática

Site do evento: http://semiolinguistica.uff.br/forum-2020/

Vídeos do evento: http://semiolinguistica.uff.br/videos/

 

 

Lançamento do livro “Análises de um mundo significado”, pela Eduff.

Reitoria da UFF, Dezembro de 2017

“Análises de um mundo significado: a visão semiolinguística do discurso” faz parte de uma coleção de livros publicada pela Eduff, que traz pesquisas que se dedicam ao estudo da língua portuguesa em suas diversas abordagens. Em Dezembro de 2017, ocorreu o lançamento da obra na Reitoria da Universidade Federal Fluminense. O livro, organizado pelas professoras Beatriz Feres e Rosane Monnerat, reúne textos produzidos por professores e discentes vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem da UFF e apresentam um resultado concreto de pesquisas sob o aporte teórico da Teoria Semiolinguística de Análise do Discurso.

Lançamento do livro “Análises de um mundo significado”, pela Eduff.

Reitoria da UFF, Dezembro de 2017

“Análises de um mundo significado: a visão semiolinguística do discurso” faz parte de uma coleção de livros publicada pela Eduff, que traz pesquisas que se dedicam ao estudo da língua portuguesa em suas diversas abordagens. Em Dezembro de 2017, ocorreu o lançamento da obra na Reitoria da Universidade Federal Fluminense. O livro, organizado pelas professoras Beatriz Feres e Rosane Monnerat, reúne textos produzidos por professores e discentes vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem da UFF e apresentam um resultado concreto de pesquisas sob o aporte teórico da Teoria Semiolinguística de Análise do Discurso.


Curso de Extensão:
Semiolinguística aplicada ao ensino de língua materna

Curso introdutório à Teoria Semiolinguística em interface com o ensino, voltado para alunos de Graduação e Pós-Graduação em Letras, da UFF e de outras instituições, pesquisadores da área, professores da educação básica e superior e a comunidade em geral.

Curso de Extensão:
Semiolinguística aplicada ao ensino de língua materna

Curso introdutório à Teoria Semiolinguística em interface com o ensino, voltado para alunos de Graduação e Pós-Graduação em Letras, da UFF e de outras instituições, pesquisadores da área, professores da educação básica e superior e a comunidade em geral.

Edições do curso:

  • 2019 – Curso presencial. Inscrições: Abril / Duração: Maio a Dezembro (periodicidade: mensal)
  • 2020 – Curso on-line. Inscrições: junho/ Duração: Julho e Agosto (periodicidade: semanal)
Estrutura do curso:

A Semiolinguística vai para a escola

Professor Responsável: Ilana da Silva Rebello Viegas

Conteúdo: Definição de Semiolinguística; o ato de linguagem e o contrato de comunicação.

O olhar discursivo para o ensino de língua portuguesa: por uma metodologia integrada

Professora Responsável: Rosane Santos Mauro Monnerat

Conteúdo: O processo de semiotização do mundo: categorias de discurso e categorias de língua; as competências discursivas.

Por uma gramática do sentido e da expressão

Professora Responsável: Patricia Ferreira Neves Ribeiro

Conteúdo: Os sujeitos e suas identidades; intencionalidade e visada; operações linguístico-discursivas e categorias formais.

Descrever, narrar, argumentar: estratégias para interpretar e produzir textos

Professora Responsável: Glayci Kelli Reis da Silva Xavier

Conteúdo: Os modos de organização do discurso.

Textos tecidos entre restrições e liberdades: Gêneros textuais/situacionais/ discursivos

Professora Responsável: Eveline Coelho Cardoso (Professora convidada)

Conteúdo: Gêneros textuais/situacionais/discursivos na perspectiva Semiolinguística.

Da interpretação à compreensão: a mediação leitora como resistência

Professora Responsável: Beatriz dos Santos Feres

Conteúdo: Compreender e interpretar: sentido de língua e sentido de discurso.

Por aulas de Língua Portuguesa mais integradas: articulando práticas de linguagem

Professora Responsável: Nadja Pattresi de Souza e Silva

Conteúdo: Reflexão sobre as possibilidades de articulação entre a Semiolinguística e o ensino, destacando-se o eixo de análise linguística/semiótica integrado às demais práticas de linguagem, em diálogo com as diretrizes dos PCN e da BNCC.

Da teoria à prática

Conteúdo: Semiolinguística e ensino

Atividade prática obrigatória.

Edições do curso:

  • 2019 – Curso presencial. Inscrições: Abril / Duração: Maio a Dezembro (periodicidade: mensal).

  • 2020 – Curso on-line. Inscrições: julho / Duração: Julho e Agosto (periodicidade : semanal).
Estrutura do curso:

A Semiolinguística vai para a escola

Professor Responsável: Ilana da Silva Rebello Viegas

Conteúdo: Definição de Semiolinguística; o ato de linguagem e o contrato de comunicação.

O olhar discursivo para o ensino de língua portuguesa: por uma metodologia integrada

Professora Responsável: Rosane Santos Mauro Monnerat

Conteúdo: O processo de semiotização do mundo: categorias de discurso e categorias de língua; as competências discursivas.

Por uma gramática do sentido e da expressão

Professora Responsável: Patricia Ferreira Neves Ribeiro

Conteúdo: Os sujeitos e suas identidades; intencionalidade e visada; operações linguístico-discursivas e categorias formais.

Descrever, narrar, argumentar: estratégias para interpretar e produzir textos

Professora Responsável: Glayci Kelli Reis da Silva Xavier

Conteúdo: Os modos de organização do discurso.

Textos tecidos entre restrições e liberdades: Gêneros textuais/situacionais/ discursivos

Professora Responsável: Eveline Coelho Cardoso (Professora convidada)

Conteúdo: Gêneros textuais/situacionais/discursivos na perspectiva Semiolinguística.

Da interpretação à compreensão: a mediação leitora como resistência

Professora Responsável: Beatriz dos Santos Feres

Conteúdo: Compreender e interpretar: sentido de língua e sentido de discurso.

Por aulas de Língua Portuguesa mais integradas: articulando práticas de linguagem

Professora Responsável: Nadja Pattresi de Souza e Silva

Conteúdo: Reflexão sobre as possibilidades de articulação entre a Semiolinguística e o ensino, destacando-se o eixo de análise linguística/semiótica integrado às demais práticas de linguagem, em diálogo com as diretrizes dos PCN e da BNCC.

Da teoria à prática

Conteúdo: Semiolinguística e ensino

Atividade prática obrigatória.

      Fotos da edição presencial – 2019

Aula 1 – Ilana Rebello Aula 2 – Rosane Monnerat Aula 3 – Patricia Ribeiro Aula 4 – Beatriz Feres
Aula 5 – Glayci Xavier Aula 6 – Eveline Cardoso Aula 7 – Nadja Pattresi Encerramento do curso

      Fotos da edição on-line – 2020

Fotos da edição presencial
2019

Aula 1 – Ilana Rebello
Aula 2 – Rosane Monnerat
Aula 3 – Patricia Ribeiro
Aula 4 – Beatriz Feres
Aula 5 – Glayci Xavier
Aula 6 – Eveline Cardoso
Aula 7 – Nadja Pattresi
Encerramento do curso

      Fotos da edição on-line
2020

Translate »