Quem somos?

Quem somos?

O núcleo de Estudos da Teoria Semiolinguística na UFF foi fundado pela professora Rosane Monnerat e hoje, além dela, conta com mais cinco professoras, diversos colaboradores externos, orientandos e alunos egressos.

As professoras pesquisadoras da Semiolinguística na UFF estão vinculadas aos seguintes segmentos:

  • Departamento de Línguas Clássicas e Vernáculas (GLC) – Setor: Língua Portuguesa;
  • Grupo de Pesquisa “Leitura, Fruição e Ensino” – LeiFEn (sede na UFF);
  • Grupo de Pesquisa CIAD-Rio (Sede na UFRJ);
  • Pós-graduação Stricto-sensu (Mestrado/ Doutorado) em Estudos de Linguagem – Linha de Pesquisa 2 (Teorias do texto, do discurso e da tradução);
  • Pós-graduação Lato-sensu (Especialização) em Língua Portuguesa.

Conheça um pouco mais sobre cada uma delas:

Rosane Monnerat

Rosane é professora Titular da Universidade Federal Fluminense, onde atua na Pós-Graduação em Estudos da Linguagem. Possui Graduação em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1974), Mestrado em Letras pela Universidade Federal Fluminense (1983), Doutorado em Letras (Letras Vernáculas / Língua Portuguesa) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1998), tendo concluído Pós-Doutorado na Universidade Federal de Minas Gerais (agosto de 2007). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa, atuando principalmente nos seguintes temas: A interface texto / gramática; Linguística Textual; Análise do Discurso; Imaginários sociais; Ideologia; Discurso publicitário. É uma das tradutoras do livro “Linguagem e Discurso”, de Patrick Charaudeau.

Beatriz Feres

Beatriz é Doutora (2006) e Mestre (2003) em Letras/Estudos da Linguagem pela Universidade Federal Fluminense. Professora Associada de Língua Portuguesa no Instituto de Letras da UFF, já atuou no Centro Universitário Plínio Leite – UNIPLI (2003-2008) e em escolas do Ensino Fundamental e Médio (1987-2008). Está vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem da UFF, linha de pesquisa Teorias do texto, do discurso e da tradução, no qual ministra cursos relacionados à disciplina Semiolinguística. É líder do grupo de pesquisa Leitura, fruição e ensino (LeiFEn/UFF/CNPq). Temas de interesse: leitura e ensino; estratégias de interpretação; teoria e análise linguística; iconicidade na semiose poética, literatura infantil, livro ilustrado e referenciação verbo-visual.

Patricia Neves Ribeiro

Patricia possui graduação em Letras (1995) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), graduação em Comunicação Social/Jornalismo (2000) pela Universidade Federal Fluminense (UFF), mestrado (2000) e doutorado (2007) em Letras (Letras Vernáculas) pela UFRJ. É professora associada IV de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas e professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem da UFF. É vice-líder do grupo de pesquisa Leitura, Fruição e Ensino (LeiFen). Desenvolve pesquisas em Linguística do Texto e em Análise do Discurso de orientação Semiolinguística, voltadas tanto para reflexões sobre expressão e produção de sentido na interface linguagem/mídia e linguagem/literatura infantil, com ênfase, sobretudo, nos processos enunciativos, quanto para pesquisas relacionadas ao ensino de língua/gramática em dimensão discursiva.

Ilana Rebello

Ilana é graduada em Letras (2002), mestre (2005) e doutora (2009) em Língua Portuguesa pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Já atuou como professora de Língua Portuguesa na Prefeitura de São Gonçalo, na Prefeitura de Niterói, na Secretaria Estadual de Educação e na Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC). Atualmente é professora Adjunta IV 40h DE, de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade Federal Fluminense. Está vinculada à linha de pesquisa Teorias do texto, do Discurso e da Tradução do Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem da UFF. É coordenadora do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Língua Portuguesa UFF. Atua principalmente nos seguintes temas: semiolinguística, mídia, leitura, interpretação e escrita.

Nadja Pattresi

Nadja é doutora em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Tem experiência na rede pública e privada de ensino, nos segmentos fundamental, médio e superior, com as disciplinas de Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Linguística. Atualmente, é professora de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (GLC) do Instituto de Letras da Universidade Federal Fluminense (UFF) e vice-coordenadora da Especialização em Língua Portuguesa da UFF. É coautora do projeto Apoema Português, coleção de livros didáticos de Língua Portuguesa para os anos finais do Ensino Fundamental (Editora do Brasil – 2018). Sua área de interesse concentra-se, sobretudo, nos estudos do texto e do discurso, bem como nas pesquisas sobre o ensino de língua materna.

Glayci Xavier

Glayci é doutora em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal Fluminense (UFF), onde também cursou o mestrado em Estudos de Linguagem e a graduação em Letras Português/Inglês. Atualmente, é professora de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (GLC) do Instituto de Letras da UFF. Entre 2013 e 2018, foi professora de Língua Portuguesa e Literatura no Colégio Pedro II (40h DE). Trabalhou como professora do Ensino Fundamental nas redes municipais de Niterói e Itaboraí e como professora substituta de Língua Portuguesa e Linguística no curso de Letras da UERJ/FFP. Foi tutora presencial e à distância pelo CECIERJ/CEDERJ. Sua pesquisa tem como principal foco os textos argumentativos, os modos de organização do discurso, os textos verbo-visuais e o ensino de língua e literatura.

Colaboradores externos, Orientandos e Alunos egressos:

Em breve.

Translate »